TI Estratégica: o que é, benefícios, outsourcing de TI

TI Estratégica: o que é, benefícios, outsourcing de TI

09.07.2021 | por LB2 #ti #tecnologia #tiestrategica #tecnologiadainformacao #lb2 #outsourcing

A revolução digital vem transformando radicalmente nossas vidas. Desde profissões tradicionais que estão deixando de existir até profissões que não existiam estão vindo à tona para dar conta das mudanças cada dia mais profundas nas relações dos seres humanos com a tecnologia.

Basta olharmos ao nosso redor e veremos que tudo possui, em algum nível, relação com a tecnologia. Mas, e dentro das empresas, como a tecnologia pode (e deve) se aliar aos objetivos gerais do negócio? 

O departamento de TI sempre foi – como veremos, erroneamente – considerado uma área meramente passiva, que recebe demandas e as resolve na medida em que é acionada. Essa visão sobre a TI já deve ser considerada não apenas uma visão ultrapassada, mas negligente com a saúde (produtiva e financeira) de uma empresa. Por que é possível afirmar isso com tamanha tranquilidade? Muito simples: nos dias de hoje, a informação é a alma de qualquer negócio. 

É no cuidado com as informações e no uso estratégico que se faz delas que as empresas se diferenciam dos seus concorrentes quando o assunto é confiança.

Mas, em um cenário como esse, por que ter uma TI estratégica? Ainda, é necessário investir em um departamento de TI dentro da própria empresa ou terceirizar essa atividade é uma opção economicamente viável e, em alguns casos, a melhor alternativa?

Leia o texto completo e veja as respostas para essas questões. 

 

O QUE É UMA TI ESTRATÉGICA?

 

Todo negócio, independentemente do segmento, possui uma estratégia. Objetivos, metas, caminhos que devem ser percorridos para chegar em um próximo nível. Mas, é possível fazer isso sem a tecnologia da informação como aliada? Nos dias de hoje, não.

A TI estratégica é uma forma de enxergar o setor de tecnologia da informação como um braço aliado para o cumprimento dos objetivos gerais do negócio. Ao adotar um TI estratégica, as empresas conseguem monitorar e ter uma visão ampla das suas capacidades tecnológicas, além de conseguir utilizar ferramentas que permitam obter um alto nível de produtividade.

Em uma empresa que possui um setor de TI estratégico, o gestor consegue antever falhas e atuar imediatamente para saná-las; consegue ter uma visão em tempo real do status dos serviços e das atividades típicas do setor, o que impacta diretamente a tomada de decisões para implantar as melhorias necessárias.

Objetivamente, uma TI estratégica não é uma mera solucionadora de demandas, é um braço forte e organizado das metas da empresa.

 

COMO IMPLANTAR UMA TI ESTRATÉGICA?

 

  • REFORMULE PROCESSOS

Em todas as áreas de um negócio existem processos. Ainda que eles não sejam racionalmente estabelecidos, isto é, não tenham sido criados a partir de uma análise sistemática de cada um, eles existem. Para ter uma TI estratégica é preciso mapear e entender quais são os processos que o departamento adota no seu dia a dia e identificar possíveis falhas, lacunas ou retrabalhos que oneram demais os colaboradores e devem ser substituídos por processos claros e objetivos. 

A falta de processos de trabalho, isto é, rotinas preestabelecidas sobre quem deve realizar cada função e como ela deve ser realizada, a falta de um workflow que defina por qual caminho uma demanda deve passar para ser solucionada, são inimigos da área de TI. Não apenas dela, todas as áreas da empresa precisam de processos de trabalho bem definidos. 

 

 

Para cumprir esse objetivo existem algumas metodologias para a Governança de TI. Uma delas é o COBIT. Essa metodologia compreende um conjunto de práticas que faz uma gestão dos recursos e das ferramentas do setor. Com a aplicação dessas boas práticas, é possível assegurar a integridade dos sistemas de informação. Há outras metodologias que podem ser aplicadas a depender das condições particulares de cada empresa e dos seus objetivos. 

 

  • MAPEIE A SITUAÇÃO ATUAL DA INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA

Após a definição dos processos de trabalho, da estruturação das metas e objetivos do setor de tecnologia da informação, alinhados com os objetivos gerais do negócio, o próximo passo é estruturar a parte da infraestrutura de tecnologia da empresa. 

A empresa não precisa, necessariamente, ter uma estrutura de tecnologia da informação própria. É possível terceirizar esse serviço como veremos no próximo tópico. No entanto, algumas empresas já possuem uma estrutura nessa área e querem apenas aprimorá-la para que ela seja capaz de suportar o negócio. 

Para tanto, após a análse das necessidades reais (e atuais) do negócio, existem diferentes alternativas que deverão ser consideradas caso a caso. Alguns elementos podem ser utilizados, por exemplo, em nuvem.

Não necessariamente a empresa deve dispor de uma estrutura física para cada uma das atividades. Falamos sobre isso AQUI. Os serviços em nuvem, em alta no mundo inteiro e cada vez mais explorados pelas maiores companhias do planeta, podem ser uma excelente alternativa para melhorar as entregas, aumentar a capacidade de armazenamento e a flexibilidade dos recursos necessários à manutenção do negócio. 

 

  • PROJETE O RESULTADO DAS MEDIDAS IMPLEMENTADAS

Todo investimento precisa ter um cálculo do retorno que ele trará para a companhia. O ROI (Return on Investment) é capaz de projetar a relação entre o quanto será investido pela empresa e qual a projeção do retorno financeiro sobre aquele investimento. 

Realizar um bom cálculo de ROI, além de evitar um prejuízos, também permite aos gestores prever em quanto tempo os resultados do investimento poderão ser percebidos. Não existe uma fórmula pronta para investir em tecnologia. Cada empresa possui uma demanda, uma estrutura e um budget para investir. Tudo isso precisa ser previsto e inserido no cálculo de investimento.

Com isso, os resultados do investimento em uma área de TI que participe estrategicamente do negócio podem ser mensurados e projetados a curto, médio e longo prazo. Ainda, é possível saber qual o momento de mudar a direção dos esforços dentro do setor para que as metas e objetivos gerais sejam atingidos. 

 

QUER SABER A IMPORTÂNCIA DE UM CÁCULO DE ROI?

ASSISTA AO VÍDEO NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE! 

 

                    

 

OUTSOURCING: POR QUE TERCEIRIZAR OS SERVIÇOS DE T.I.?

 

  • FOCO NO OBJETIVO GERAL DO NEGÓCIO

Caso uma empresa não possua uma infraestrutura de TI, é possível que investir em uma do zero não seja a melhor alternativa. Todo investimento gera custos com pessoal, estrutura, criação e definição de processos de trabalho.

Ao contratar uma empresa especializada nesse tipo de serviço, é possível que a empresa concentre todas as energias no core do negócio, entregando a um parceiro de confiança para que essas demandas sejam atendidas. 

A LB2 possui diferentes modelos de contrato que oferecem soluções sob demanda para as empresas que querem adotar essa alternativa. Eles estão disponíveis AQUI.

 

  • AGILIDADE NA IMPLANTAÇÃO DE NOVAS TECNOLOGIAS

Os profissionais da área de tecnologia estão sempre antenados nas novas possibilidades de aprimorar a prestação dos serviços de TI. Ao contratar uma empresa como a LB2, que possui um serviço especializado de TI com profissionais certificados em diversas áreas (VEJA AQUI), novas tecnologias e novas oportunidades de negócio com o uso de softwares e hardwares mais sofisticados serão oferecidas para o cliente, permitindo que sistemas atualizados e mais aderentes ao negócio, além de equipamentos com capacidade de armazenamento e processamento compatível com as necessidades da empresa sejam implantados rapidamente. 

 

  • AUMENTO DA SEGURANÇA E DA EFICIÊNCIA DO SETOR

Ao contratar uma empresa especializada em serviços de TI, a chance de um evento não previsto que coloque em risco a continuidade da operação é reduzido drasticamente. Por ter processos e rotinas de trabalho bem definidos, além de profissionais com certificações em diversas áreas, os riscos aos quais as informações da empresa estão expostas são muito menores. 

Em síntese, os benefícios da implantação de uma TI estratégica ou da contratação de uma empresa que aplique essa lógica e preste um serviço especializado são múltiplos. Como vimos, entre os principais diferenciais, estão: a redução de custos operacionais; maior segurança das informações; melhora das rotinas de trabalho consequentemente, maior produtividade e a possibilidade de novas oportunidades de negócio que atendam às demandas de cada organização de modo personalizado e totalmente aderente aos objetivos gerais do negócio. 

Notícias relacionadas
Retrospectiva LGPD: vazamentos, multas e a entrada em vigor das sanções
Retrospectiva LGPD: vazamentos, multas e a entrada em vigor das sanções

03.12.2021

#dados #segurancadedados #segurancadainformcao #lgpd #leigeraldeproteçãodedados #dadospessoais

Retrospectiva Cibersegurança: números de 2021 são alarmantes; ransomware é a principal ameaça
Retrospectiva Cibersegurança: números de 2021 são alarmantes; ransomware é a principal ameaça

19.11.2021

#security #hacker #ti #cybercrime #tecnologia #seguranca #segurandainformacao

Estamos prontos para te atender

Nossa equipe está pronta para analisar e desenhar soluções junto com seu time de T.I.

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies